Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Giovanna Giuga

15% dos professores estaduais em Campinas são do grupo de risco da Covid-19

As aulas presenciais nas escolas estaduais começaram nesta segunda-feira (8) em Campinas e em todo o estado de São Paulo. Neste início, as escolas recebem menos alunos, para evitar a disseminação da Covid-19, e também contam com menos professores, sendo que 15,3% dos profissionais não retornam aos postos presenciais em Campinas por fazerem parte do grupo de risco.

De acordo com a Apeoesp (Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo), são quase 8 mil professores na cidade, e 1.225 deixaram de comparecer às escolas por apresentarem comorbidades. Agora, todos eles seguem ensinando à distância. 

Na avaliação do sindicato, o percentual de professores que são do grupo de risco é alto, e por isso é defendido o retorno após a vacinação dos profissionais como forma de segurança. Além disso, a Apeoesp considera que a ausência desses professores pode prejudicar na educação dos estudantes.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Brasil Agora 1ª Edição