Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Guilherme Maldaner

6 candidatos a prefeito de Campinas arrecadam R$ 3 milhões até agora

Seis candidatos a prefeito de Campinas arrecadaram, até esta quarta-feira (14) 3 milhões e 100 mil reais para as campanhas eleitorais, através de doações de pessoas físicas, de partidos e deles próprios.

Os candidatos a prefeito poderão gastar até 5 milhões e 700 mil reais nas campanhas eleitorais. Já os vereadores terão os gastos limitados a 312 mil e 300 reais.

O limite de gastos foi definido pelo Tribunal Superior Eleitoral, com reajuste de 13,9% em relação ao limite nas eleições de 2016.

Até o momento, o candidato que mais arrecadou foi Dário Saadi, do Republicanos, com 1 milhão e 330 mil reais. Além disso, ele contratou gastos de 3 milhões e 200 mil reais, dos quais já foram pagos 38 mil e 40 reais.

A segunda maior arrecadação é de Rafa Zimbaldi, do Partido Liberal, com 1 milhão e 40 mil reais. O candidato ainda não declarou as despesas.

Já André Von Zuben, do Cidadania, declarou 90 mil reais de receita para sua campanha. Além disso, ele contratou serviços que somam 26mil e 500 reais em despesas.

Rogério Menezes, do Partido Verde, recebeu 22 mil reais para a campanha eleitoral. Segundo o candidato, foi contratado gastos de 20 mil e 500 reais, dos quais já foram pagos 4mil e 700 reais.

Laura Leal, do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado, tem 18 mil reais disponíveis do diretório nacional do partido e ainda não declarou gastos.

Wilson Matos, do Patriota, tem como arrecadação 500 mil reais e Hélio, do Partido Democrático Trabalhista, informou ter contratado gastos de 200 mil reais em serviços.

Já Pedro Tourinho, do Partido dos Trabalhadores, arrecadou 4mil e 500 reais e também ainda não declarou as despesas.

Os demais candidatos ainda não tinham prestado contas das despesas e receitas até a tarde de ontem (15).

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Brasil Agora 2ª Edição