Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Abrasel lança campanha em prol do delivery pra bares e restaurantes; entidade espera avanço da região no Plano SP

A Abrasel, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, que representa os setores nas cidades da RMC, a Região Metropolitana de Campinas, anunciou na tarde desta quinta-feira (28) uma campanha em prol da sobrevivência das empresas. Pra isso vai ser incentivado o uso do delivery, ou seja, da entrega em domicílio dos produtos.

A intenção da associação é que isso alivie a situação dos setores após a inclusão da região, no período noturno entre segunda e sexta-feira e integralmente aos fins de semana, na Fase Vermelha do Plano SP, que regulamenta as atividades não essenciais durante a pandemia da Covid-19. Na Fase Vermelha os bares e restaurantes estão proibidos de atender pessoas presencialmente. A restrição foi adotada pelo Governo de São Paulo na última segunda-feira (25) após o aumento de casos, internações e mortes resultantes do novo coronavírus. Os responsáveis pela associação, apesar de entenderem que esse tipo de medida possa resultar em mais perdas financeiras pros bares e restaurantes, afirmaram que não irão desrespeitar as medidas.

Em paralelo a isso existe um movimento dos empresários dos setores pra abertura na região de mais leitos de UTI pra casos graves da Covid-19. Uma reunião foi feita recentemente com o Secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, sobre a situação dos leitos nas cidades da RMC. A alta ocupação de leitos é um dos principais critérios pra regressão ou avanço de fases no Plano SP. Com mais leitos abertos, existe a chance, na visão dos empresários, de uma volta à Fase Amarela, que permitiria a reabertura de bares e restaurantes aos fins de semana.

Segundo o presidente da Abrasel RMC, Matheus Mason, trata-se de algo muito complexo, mas que é necessário pra que os cuidados com a saúde continuem e que as empresas não sejam deixadas de lado. Uma transferência do Estado pra Campinas, de mais de R$ 8,9 milhões pra abertura de novos leitos, teria sido acertada após o encontro.

Ainda de acordo com o presidente da associação, outras pautas do setor estão sendo discutidas pra garantir a sobrevivência dos bares e restaurantes.

A Prefeitura de Campinas informou que foi pedido um contato com o Governo do Estado pra confirmar a transferência dos recursos financeiros anunciados pela Abrasel. Já o Governo de São Paulo não se posicionou sobre o tema até o fechamento desta reportagem.

Imagem: EBC

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!