Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Após setembro positivo para indústria, Ciesp-Campinas lança plano regional de logística e comércio exterior

Mais de 64% das indústrias da região de Campinas já planejam investimentos para 2021, é o que aponta a sondagem industrial de setembro do Ciesp Campinas. Deste percentual, 42% devem atualizar o maquinário já existente e 21% pretendem ampliar o número de máquinas.

Para 50% do setor o volume de produção e faturamento aumentou em setembro, e 70% das empresas estão com mais da metade da capacidade produtiva em atividade.

No momento, a preocupação para o setor são as matérias primas como aço plano, alumínio e papelão para embalagem que estão em falta no mercado e tiveram elevação nos preços nos últimos meses.

Segundo a Ciesp Campinas, a RMC é um polo industrial consolidado, por isso é importante que Campinas e as demais cidades invistam em logística e políticas de comércio exterior, como explica o vice-diretor do Ciesp Campinas, José Henrique Toledo Corrêa.

“Aproveitando o tempo da eleição o Ciesp Campinas juntamente com o Sindasp e a OAB Campinas elaborou um plano regional de logística e comércio exterior e que foi entregue para todos os candidatos a prefeito de Campinas. Acreditamos que é preciso que seja criado uma política de investimento na área de logística porque nós temos os principal hub da américa do sul, que é Viracopos, e temos acesso aos principais portos, ou seja, uma política de importação e exportação fará com que possamos ter muitos investimentos e novos empregos”.

Entre as sugestões listadas no Plano Regional de Logística e Comércio Exterior divulgado pelo Ciesp Campinas está a criação da Diretoria de Comércio Exterior, Logística e Relações Internacionais (DICOLRI) ligada à Secretaria de Desenvolvimento para atuar como uma ponte de comunicação entre esferas estadual e federal e alinhar as políticas municipais para o desenvolvimento da logística.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Santa Missa – Catedral