Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Aulas presenciais serão obrigatórias a partir da próxima segunda-feira (18); detalhes na reportagem

Alunos das redes pública e particular de ensino devem voltar às aulas presenciais a partir da próxima segunda-feira (18). A informação foi divulgada pelo governo de São Paulo. 

Segundo a Secretaria Estadual de Educação, para o retorno 100% presencial as escolas devem garantir o distanciamento de 1 metro entre os alunos e a disponibilização de álcool em gel. O uso de máscaras continua obrigatório para todos. 

As cidades que têm conselhos municipais de educação podem definir os próprios prazos para o retorno 100% presencial nas escolas da rede municipal. 

As cidades que seguem as orientações do Conselho Estadual de Educação (CEE), mas que não têm estrutura para garantir o distanciamento de 1 metro entre os alunos, podem adotar o esquema de rodízio até o fim de outubro, explica o secretário Rossieli Soares.

A partir do dia 03 de novembro não vai mais existir a obrigatoriedade de distância de 1 metro, o que significa que todos os alunos de escolas públicas e particulares que seguem as orientações do Conselho Estadual de Educação (CEE) devem retornar às aulas presenciais.

Dados da Secretaria Estadual de Saúde apontam que 93% dos professores já estão vacinados com duas doses e que 90% dos jovens de 12 a 17 anos receberam a primeira dose de uma das vacinas contra a covid-19.

O coordenador do Comitê Científico, Dr. Paulo Menezes, afirma que aprova a determinação da Secretaria Estadual de Educação e que neste momento a necessidade do retorno às aulas presenciais supera os riscos de contaminação.

O retorno presencial não vai ser obrigatório apenas para os alunos menores de 12 anos que têm alguma comorbidade e os alunos com mais de 12 anos que têm comorbidades e não completaram o esquema vacinal.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Estação Brasil