Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Ericka Araújo

Aumenta o número de pessoas em situação de rua em Campinas; conheça o perfil desta população

A população em situação de rua em Campinas é, em sua maioria, preta e masculina. Foi o que apontou o último levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos.

O censo, divulgado na tarde de quinta-feira (20), também mostrou que o número de pessoas nesta situação aumentou 33,54% nos últimos três anos. Em 2016, eram 623 pessoas nesta situação, já em 2019 foram contabilizadas 822.

Ainda de acordo com o levantamento, a área central da cidade continua sendo o local de maior concentração, com 49% de toda a população em situação de rua, seguida das regiões norte, com 24%, sul, com 22%, noroeste, com 3% e sudoeste, com 2%.

Para a secretaria Eliane Jocelaine, a constatação da raça da maioria da população em situação de rua em Campinas deixa claro que o racismo estrutural contribui para a desigualdade social na cidade.

Questionada sobre as reclamações dos comerciantes sobre o aumento desta população no centro da cidade, a secretaria comentou quais ações a prefeitura tem tomado.

O censo também apontou a escolaridade desta população. Do total, 28 são não alfabetizados, 14 são alfabetizados, 334 tem fundamental incompleto, 84 possui fundamental completo, 79 tem médio incompleto, 116 ensino médio completo, 27 possuem nível superior incompleto e 19 nível superior completo.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!