Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Giovanna Giuga

Campinas decreta volta às aulas presenciais em outubro com restrições e determina níveis de ensino que não retomam em 2020

A Prefeitura de Campinas publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (16) as definições sobre a retomada das aulas presenciais curriculares, previstas para 7 de outubro. As medidas valem para instituições de ensino públicas e particulares, e as regras servem tanto para a educação básica como para a de ensino superior

Como a região do Departamento Regional de Saúde de Campinas (DRS-7) está na fase amarela do Plano São Paulo, podem retornar no dia 7 de outubro 5º e 9º anos do ensino fundamental da rede municipal de ensino; o EJA (Educação de Jovens e Adultos); Ceprocamp, para últimos anos dos cursos; Fumec, programa Consolidando a Escolaridade, além das redes particular e estadual.

Por outro lado, continuam com ensino à distância a educação básica da rede municipal, educação infantil da rede municipal e o ensino fundamental da rede municipal com todos os demais períodos.

Já para o retorno facultativo, a prefeitura ressalta que os pais e responsáveis pelos estudantes podem escolher se querem optar pelo retorno presencial na rede municipal ou se seguem com o acompanhamento à distância, que vai ser mantido ao longo do término do ano letivo.

As regras para a volta das redes pública e particular são: Presença de alunos limitada a até 35% dos alunos matriculados; estão proibidas as atividades escolares que podem gerar aglomerações, e o retorno das aulas deve seguir os protocolos do Plano São Paulo do governo estadual e os protocolos sanitários.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Panorama Regional