Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Campinas está preparada para receber e aplicar vacina contra Covid-19, afirma Jonas Donizette

Na manhã desta sexta-feira (04) o prefeito Jonas Donizette afirmou que toda a antiga rede de refrigeração dos Centros de Saúde de Campinas foi substituída por aparelhos novos e a cidade já aguarda a aprovação e distribuição de uma vacina contra a Covid-19. 

Segundo Jonas Donizette, os estoques de agulhas e seringas também são suficientes para aplicar o imunizante em toda a população de Campinas. 

“Campinas tem a seringa e a agulha para aplicar a vacina em toda a população e também nós trocamos toda a nossa rede de frio nos nossos Centros de Saúde. Então não haverá problema da conservação da vacina, ou seja, todos aqueles passos que são necessários e são responsabilidade do município nós já fizemos”.

Além dos materiais necessários para receber e aplicar a vacina, os estoques de EPIs e remédios estão super abastecidos em Campinas, afirma o secretário municipal de Saúde Carmino de Souza.

“Nós recebemos uma quantidade muito importante de materiais do Governo Federal e do Governo do Estado, é uma relação enorme. Nós estamos super abastecidos em EPIs e em remédios, nós temos mais de 90% da nossa cesta. Nós resolvemos um probleminha que era da carbamazepina e já está sendo distribuída de maneira regular”. 

Nesta sexta-feira (04), Campinas tem 44.528 casos confirmados de Covid-19 e 1.393 óbitos. Estimativa do Observatório Covid-19 BR aponta que a taxa de transmissão em Campinas é de 0.98.

Segundo o secretário Carmino de Souza, atualmente, a transmissão do novo coronavírus acontece principalmente pela população mais jovem. 

“Nós temos que pedir, fazer um apelo aos jovens para que se cuidem, para que não levem o vírus para suas casas. A transmissão domiciliar passou a ser a transmissão preferencial hoje, muito mais importante que transporte público e acho que isso se deve a um certo descuido desse grupo. A gente entende o cansaço, tudo, mas acho que estamos perto da vacina, vamos tentar aguentar mais um pouquinho”. 

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Estação Brasil