Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Campinas terá fase vermelha a partir das 21h de terça-feira (23)

A partir desta terça-feira (23) Campinas estará na fase vermelha a partir das nove horas da noite até às cinco horas da manhã do dia seguinte. A medida valerá até a próxima segunda-feira, dia 1º de março.

Durante a fase vermelha que terá início às nove horas da noite apenas comércios essenciais poderão abrir. Bares, em especial, deverão fechar às oito horas da noite.

A medida é uma decisão do prefeito Dário Saadi (Republicanos) com base em relatório entregue pelo Departamento de Vigilância em Saúde e pela Secretaria de Saúde de Campinas que aponta que o ritmo de internações por Covid-19 saltou de 3,5% em janeiro para 4,7% em fevereiro e pode chegar a 6% dos contaminados no final do mês, como afirma o presidente da Rede Mário Gatti, Sergio Bisogni.

O prefeito Dário Saadi afirma que o objetivo das restrições não é prejudicar o comércio local, mas sim evitar filas por leitos de UTI em Campinas.

Na tarde desta segunda-feira (22) a Secretaria de Saúde de Campinas anunciou a contratação com a rede privada de mais 14 leitos de UTI e 4 leitos de enfermaria, todos para pacientes com Covid-19.

Os leitos serão pagos pela Prefeitura de Campinas e pelo Governo de São Paulo que deve liberar R$ 1600 por leito de UTI e R$ 600 por leito de enfermaria. A Prefeitura de Campinas ainda não disponibilizou os contratos assinados com os hospitais privados que devem ser disponibilizados até a próxima quarta-feira (24), segundo a assessoria de imprensa.

Na Rede Mário Gatti, segundo a Administração Municipal, 21 leitos de enfermaria devem ser abertos até a próxima sexta-feira (26) e outros 24 leitos de enfermaria serão abertos na UPA Padre Anchieta nos próximos quinze dias.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Acorda Brasil