Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Capítulo 1 – Planeta Água: é para sempre?

Existe um elemento fundamental à vida na terra: a água. E o risco dela faltar no futuro é real. Segundo o estudo Atlas Aqueduct de Risco de Água, do Instituto de Recursos Mundiais, realizado em 189 países, várias nações enfrentam um estresse hídrico extremamente alto.

Isto significa que a demanda por água é maior do que a sua disponibilidade e mais: maior do que a capacidade de renovação em um local determinado.

Ainda de acordo com a pesquisa, dos 17 países que estão nesta situação, 80% das águas são consumidas pela agricultura, indústria e usos nas cidades.

Para o Engenheiro Civil, especialista em Recursos Hídricos pela Unesp de Ilha Solteira e coordenador geral do Mestrado em Rede Nacional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos, Jefferson Nascimento de Oliveira, outros fatores justificam a necessidade de mais cuidados com os recursos hídricos.

A melhora significativa do gerenciamento de recursos hídricos é um caminho para a garantia de água potável no futuro. É o que afirma o Publicitário, professor da ESPM e coordenador do Centro ESPM de Desenvolvimento Socioambiental, Marcus Nakagawa.

Do ponto de vista educacional, a conscientização da importância da água e de como utilizá-la de forma sustentável é o foco de um programa realizado desde 2009 em Indaiatuba, na Região Metropolitana de Campinas.

O Na Trilha das Águas é uma parceria entre o  Serviço Autônomo de Água e Esgotos e a Secretaria Municipal de Educação e já atendeu mais de 15 mil estudantes entre seis e oito anos de idade.

O programa consiste na visita dos alunos dos segundos anos do Ensino Fundamental das Escolas Municipais em locais históricos do abastecimento de água de Indaiatuba. Eles conhecem de perto como é feita a captação e o tratamento de água.

Curiosas e autênticas, as crianças deram exemplos de como a água pode ser economizada.

Um deles foi de Sofia Galan de Lima, estudante da Escola Professor Osório Germano e Silva Filho.

Outros exemplos foram citados por João Gabriel Miyake, colega de sala de Sofia.

De acordo com a pedagoga Rosilaine Diniz Piccoli, responsável pela monitoria do programa Na Trilha das Águas, as crianças têm uma facilidade quase natural no aprendizado.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Brasil Esporte Clube