Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Guilherme Maldaner

Com fim do auxílio emergencial, 150 mil pessoas em Campinas ficam desassistidas

Cerca de 150 mil moradores de Campinas devem ficar desassistidos financeiramente com o fim do auxílio emergencial. A ação, que era paga pelo governo federal durante a pandemia da covid-19, se encerrou na última terça-feira (29).

Estas pessoas não estão contempladas pelo programa Bolsa Família e dependiam do recurso pago emergencialmente, desde abril, para se manter. O auxílio beneficiou 191 mil moradores de Campinas. Deste total, 41 mil já faziam parte do Bolsa Família e vão voltar a receber o valor mensal deste programa.

O Cartão Nutrir e o Banco de Alimentos seguem como duas opções de atendimento para a população que estiver em condição vulnerável.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Santa Missa – Catedral