Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Maíra Torres

Comércio varejista da região de Campinas encerra 2018 com déficit de 94 vagas

O comércio varejista da região de Campinas encerrou o ano de 2018 com 94 postos de trabalho a menos do que o registrado no início do ano. O balanço realizado pelo Sindivarejista em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo mostrou que apesar da contratação de s 86.938 pessoas, outras 87.032 demissões aconteceram ao longo do ano.

A quantidade registrada é inversa à de 2017, quando o ano encerrou com a criação de 1.768 novas vagas. O Sindivarejista define o cenário do mercado de trabalho de 2018 como “estagnado”, em função da retração apresentada de um ano para o outro. Um dos motivos para a diferença na quantidade de empregos é o setor de supermercados, que gerou menos vagas na região de Campinas do que em 2017, quando criou quase 2 mil novas vagas.

Entre as nove atividades pesquisadas pela instituição, as três que tiveram maior queda no número de trabalhadores formais foram o setor de materiais de construção, seguido por lojas de móveis e decoração, e o de vestuário, tecidos e calçados.

Mesmo com essas informações, a pesquisa também mostra que o mês de dezembro do ano passado apresentou alta nas contratações, com 281 novas vagas, em comparação com novembro.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Musical Católico