Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Concessão do Trem Intercidades, projeto que deve ligar Campinas a São Paulo, deve ocorrer em 2022

O leilão da concessão do Trem Intercidades (TIC), que vai ligar Campinas a São Paulo, deve acontecer no início de 2022.

O projeto terá três tipo de operação: um trem expresso, que ligará as duas metrópoles em 60 minutos; um trem intermetropolitano, que não deve parar em todas as estações; e um trem parador, que vai agregar as estações de Vinhedo e Valinhos e as que já existem na linha 7-Rubi da CPTM. Todo o percurso deve durar cerca de duas horas.

O secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, esteve em Campinas nesta semana para conhecer os patrimônios históricos da região que podem compor o projeto do trem, entre eles a  Estação Cultura.

Segundo Baldy, o projeto do Trem Intercidades será um marco para o  país como a retomada do trem de passageiros entre cidades.

A implantação do Trem Intercidades depende da renovação do contrato da MRS, a concessionária que opera a Malha Regional Sudeste da Rede Ferroviária Federal. O secretário de transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, afirma que as negociações estão em andamento e a expectativa é que o contrato seja prorrogado por mais 30 anos.

Segundo o prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), ainda não está confirmado se a Estação Cultura será uma estação de parada do trem intercidades, uma vez que o patrimônio pertence ao governo federal. 

Segundo a Prefeitura de Campinas, após o Tribunal de Contas da União (TCU) autorizar a renovação do contrato da malha ferroviária, as linhas para transporte de passageiros e transporte de cargas serão segregadas.

 

Foto: Manoel de Brito – Prefeitura de Campinas

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Santa Missa – Par. Sta Rita