Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Conselho de Transportes de Campinas descarta novo reajuste da tarifa de ônibus nos primeiros três meses do ano

O Conselho Municipal de Trânsito e Transportes de Campinas aguarda um estudo que justifique um novo reajuste do preço da tarifa do transporte público da cidade. Na avaliação do colegiado, um aumento só deve acontecer depois de abril. A informação foi passada com exclusividade pra Rádio Brasil Campinas na última segunda-feira (13).

O valor, atualmente de R$ 4,95, foi o maior comparando Campinas com o que era cobrado no ano passado nas capitais de todos os estados. A tarifa do ônibus campineiro, inclusive, superou os valores cobrados em cidades muito maiores como Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

A EMDEC (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), responsável pela operação do trânsito e dos transportes da cidade, informou no começo deste ano que não há previsão por enquanto de mudanças no valor da tarifa do transporte municipal. O último reajuste foi em julho de 2019.

Em entrevista à Rádio Brasil, o integrante do Conselho Municipal de Trânsito e Transportes de Campinas, Walter Rocha, explicou como funciona o processo da mudança da tarifa.

Ainda de acordo com Walter Rocha, o sistema está equilibrado atualmente. Isso, no entanto, pode mudar depois do primeiro trimestre.

A EMDEC informou, por meio da assessoria de imprensa, que não há novidades sobre este assunto.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Manhã Brasil