Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Guilherme Maldaner

Especialista diz que lei de trânsito brasileira é moderna, mas que brasileiro é desobediente

Em épocas de Natal e Ano Novo, o número de acidentes de trânsito com suspeita de embriaguez costuma aumentar. Em entrevista para a Rádio Brasil Campinas, o advogado especialista em Direito Criminal, Marcelo Campelo, orientou e debateu sobre este tema.

Segundo o advogado, beber e dirigir é algo completamente errado e que não deve ser feito, devido ao fato de colocar vidas em risco. Além disso, ele afirmou que o maior problema para estes casos é o comportamento do povo brasileiro.

De acordo com Marcelo Campelo, a redação da lei do artigo 306 do Código de Trânsito afirma que para condenar um réu, apenas verificar o grau de alcoolemia no sangue não basta, mas que é necessário analisar também como a pessoa estaria conduzindo o veículo. Para o advogado, uma mudança neste quesito poderia ser benéfica.

Segundo os últimos dados divulgados pela Secretaria de Governo do Estado de São Paulo, no primeiro semestre deste ano ocorreram mais de 5 mil acidentes registrados, em que pelo menos um motorista com suspeita de embriaguez esteve envolvido. Além disso, a taxa geral de morte nestes casos é de 3%.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!