Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Estado de São Paulo bate recorde de internações por Covid-19

O estado de São Paulo atingiu novo recorde de internações com 7.173 pessoas com covid-19 internadas em leitos de UTI nesta segunda-feira (1º).

O número de pacientes internados superou o pico registrado em julho do ano passado, quando 6.410 pessoas com covid-19 ocupavam leitos de UTI no estado de São Paulo.

Durante a última semana, cerca de 100 pessoas com Covid-19 foram internadas a cada dia. A taxa de internação subiu 18,3% em relação à semana anterior. O número de novos casos aumentou 9,7%; e o de óbitos 14,7%.

Até a tarde desta segunda-feira (1º) a taxa de ocupação de leitos de UTI no estado de São Paulo é de 73,2%. 

Segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, as características da Covid-19 mudaram. Durante a primeira onda da pandemia, 80% das internações eram de pessoas idosas ou com comorbidades. Na segunda onda, 60% de todas as internações são de pessoas com idades entre 30 e 50 anos, a maioria delas sem doenças crônicas e com quadros que evoluem rapidamente.

Além da alta taxa de internação, durante a segunda onda da pandemia o tempo médio que um paciente permanece na UTI passou de 7 para 14 dias.

Segundo o coordenador do Centro de Contingência da Covid-19, Paulo Menezes, nos próximos dias novas medidas devem ser sugeridas ao governo de São Paulo para conter a transmissão da Covid-19. 

Na foto: Jean Gorinchteyn, secretário estadual de Saúde.
Crédito da foto: Governo de São Paulo

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!