Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Estado de São Paulo inicia abril com 45 mortes registradas por hora

O Estado de São Paulo iniciou o mês de abril com 45 mortes e 1,1 mil casos de COVID-19 registrados por hora. No primeiro dia do mês foram confirmados 1.082 óbitos e 26.567 novas infecções. Em Campinas, no primeiro dia útil de abril a Secretaria Municipal de Saúde confirmou mais 36 óbitos e 623 novos casos de Covid-19. 

A preocupação da Prefeitura de Campinas é que, passado o feriado de Páscoa, o número de casos aumente. Já os reflexos nos números de óbitos podem ser percebidos até 42 dias após o feriado, como explica a diretora do Departamento em Vigilância em Saúde (Devisa) de Campinas, Andrea Von Zuben. 

No dia 25 de março as Prefeituras das cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) decidiram impor barreiras sanitárias nas vias públicas para desestimular viagens para a região e a circulação de pessoas por motivos não essenciais. Em Campinas, o decreto previa o fim da medida no domingo de Páscoa e a prorrogação das barreiras sanitárias não foi anunciada até o fechamento desta reportagem.

O infectologista do Hospital PUC Campinas, André Giglio Bueno, afirma que as medidas de controle impostas pelos governos estadual e municipal diminuem a circulação de pessoas e têm reflexos nos indicadores da pandemia, no entanto é importante que haja conscientização popular.

Atualmente, todo o estado de São Paulo está na Fase Emergencial do Plano São Paulo. A previsão é que a fase mais rígida do Plano SP termine no dia 11 de abril. 

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Povo de Deus