Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Giovanna Giuga

Fim do auxílio emergencial afeta 785 mil na RMC

O fim dos repasses do auxílio emergencial neste mês de dezembro pode agravar situações de famílias que ainda se recuperam da crise causada pela pandemia de Covid-19.

Em 19 cidades da Região Metropolitana de Campinas, 785,3 mil pessoas tiveram acesso ao benefício, o que representou um financiamento de R$ 2,5 bilhões do governo federal, que ainda não sinalizou aval para a renovação do auxílio. Só em Campinas foram 301.220 pessoas que tiveram direito ao benefício. 

Além disso, o corte do pagamento também pode impactar a recuperação da economia brasileira. De acordo com o economista Anderson Pellegrino, “o auxilio emergencial amenizou as sequelas da pandemia na área economia e, por esse motivo, o encerramento dele em uma economia que ainda não se recuperou por completo, pode trazer desgaste”.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Partitura