Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Governo de São Paulo anuncia vacinação contra Covid de professores e policiais

Aproximadamente 530 mil profissionais da educação e das forças de segurança pública do Estado de São Paulo vão começar a ser vacinados contra a Covid-19 na primeira quinzena de abril. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (24), em uma coletiva de imprensa feita no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo Paulista.

A partir de 5 de abril, 180 mil policiais civis, militares e técnicos-científicos, agentes penitenciários, bombeiros e guardas civis metropolitanos começam a ser imunizados. A meta é vacinar todos os integrantes das forças de segurança que estão na ativa.

Segundo o secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, general João Campos, os agentes da área estão extremamente expostos ao vírus.

Já a partir de 12 de abril, 350 mil professores e demais funcionários das escolas estaduais, municipais e particulares, com idade a partir de 47 anos, também serão incluídos na primeira etapa da campanha.

De acordo com o secretário de Educação do Estado de São Paulo, Rossieli Soares, os profissionais da rede privada deverão apresentar obrigatoriamente os dois últimos contracheques para evitar fraudes na vacinação contra a Covid-19.

Por fim, o governador João Dória (PSDB) fez uma crítica ao encontro realizado nesta quarta, no período da manhã em Brasília, entre o presidente Jair Bolsonaro, os presidentes dos outros poderes e alguns governadores aliados, como Ronaldo Caiado, de Goiás, e Cláudio Castro, do Rio de Janeiro. O objetivo foi criar um comitê nacional contra a pandemia. Para o tucano, todos os governadores deveriam ter sido convidados. E fez uma ressalva em relação ao teor do encontro, feito no Palácio da Alvorada.

Ainda na coletiva de imprensa do Governo de São Paulo foi anunciada a antecipação para a próxima sexta-feira (26), do início da vacinação contra o novo coronavírus para idosos com idade entre 69 e 71 anos. Um total de 910 mil pessoas desta faixa etária deverão receber o imunizante, em sua primeira dose, no Estado de São Paulo. Os formulários para o cadastro dos profissionais da educação e da segurança pública, que deverão ser imunizados em São Paulo, estão disponíveis no site vacinaja.sp.gov.br

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Acorda Brasil