Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Giovanna Giuga

Instituto Adolfo Lutz confirma febre maculosa em Indaiatuba

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde recebeu na segunda-feira (7) do Instituto Adolfo Lutz um resultado positivo do exame para febre maculosa.

A vítima foi uma mulher de 58 anos, moradora do Mosteiro de Itaici, que faleceu no dia 13 de setembro no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) no atendimento por convênio.

A Prefeitura intensificou as precauções e informações sobre Febre Maculosa, realizando ações de orientações aos moradores do condomínio, reforçando placas como área de alerta e orientou o local sobre as formas adequadas de prevenção.

Além disso, mandou informativo de atenção aos sintomas e sinais de Febre Maculosa para equipes de saúde da cidade tanto no atendimento SUS como na rede particular.

Nos humanos a febre maculosa é adquirida pela picada do carrapato infectado e a transmissão geralmente ocorre quando o carrapato permanece junto com o hospedeiro por um período de 4 a 6 horas. A doença não é transmissível.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!