Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Instituto Butantan pede o uso emergencial do novo lote da CoronaVac

Os responsáveis pelo Instituto Butantan, mantido pelo Governo Paulista e responsável pela pesquisa e produção da CoronaVac, vacina estudada e produzida em parceria com a farmacêutica chinesa SinoVac, pediram à Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a aprovação do uso emergencial de mais 4,8 milhões de doses do imunizante, único em território nacional atualmente.

As informações foram divulgadas em uma coletiva de imprensa realizada na tarde desta segunda-feira (18), no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo de São Paulo.

O primeiro lote da CoronaVac, de aproximadamente 6 milhões de doses importadas da China, foi distribuído nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde pra todo o Brasil, exceto por 1,4 milhão de doses, que ficaram em São Paulo. O pedido de uso emergencial do primeiro lote foi aprovado no último domingo (17) pela Anvisa, junto da vacina contra a Covid-19 produzida pelo laboratório AstraZeneca e pela Fiocruz, e estudada por meio de uma parceria com a Universidade de Oxford.

Segundo o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), o novo pedido de uso emergencial vai servir pras 4,8 milhões de doses da CoronaVac produzidas em território nacional, além das futuras doses que ainda vão ser envasadas no Brasil.

No entanto, de acordo com o diretor presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, o envio de matéria prima da China é necessário pra que mais lotes da CoronaVac sejam produzidos no Brasil.

Por fim, ainda na coletiva de imprensa, o secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, lamentou os dados da pandemia relativos à última semana epidemiológica. O número de novos casos da Covid-19 em São Paulo aumentou 9%, com 12% de elevação de novas internações e um crescimento de 7% do número de novas mortes.

Mais detalhes sobre a CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus, estão no site do Instituto Butantan em butantan.gov.br.

Imagem: Assessoria de Comunicação do Governo de São Paulo

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!