Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Instituto Butantan vai pedir registro definitivo da CoronaVac no dia 23 de dezembro

O Instituto Butantan e a SinoVac, responsáveis pelo estudo e produção da CoronaVac, deverão apresentar no próximo dia 23 de dezembro o relatório do estudo clínico conclusivo da vacina e, na mesma data, fazer o pedido de registro definitivo do imunizante junto à Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária e à NMPA, instituição chinesa responsável pela regulação de medicamentos.

As informações foram anunciadas no começo da tarde desta segunda-feira (14), em uma coletiva de imprensa transmitida pela internet e realizada no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo de São Paulo.

Segundo a direção do Instituto Butantan, mantido pelo Governo Paulista, a decisão atende a uma recomendação do comitê internacional independente que acompanha a pesquisa desenvolvida em parceria entre o Butantan e a empresa farmacêutica SinoVac. O instituto brasileiro e a empresa chinesa decidiram encerrar a fase três do estudo clínico nesta semana, já que o número ideal, que é de 154 voluntários com diagnóstico positivo de coronavírus, foi superado.

De acordo com o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), trata-se de uma corrida pela vida, e não de uma corrida política.

Presente na coletiva de imprensa, o secretário de Saúde do Estado do Maranhão e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Carlos Lula, afirmou que nenhuma demora além do normal pro registro de uma vacina é aceitável. Ainda mais neste caso.

Perguntado se o Instituto Butantan pedirá o registro da vacina pra uso emergencial, que possui um prazo mais rápido pra avaliação da Anvisa, o diretor Dimas Covas desconversou.

A reportagem da Rádio Brasil Campinas procurou a Anvisa, por meio da assessoria de imprensa, pra comentar o assunto, mas não houve resposta até o fechamento desta reportagem.

Por meio de nota a Anvisa informou que o prazo para análise é de 60 dias a partir da formalização do registro. Ainda segundo a agência, pra dar mais agilidade ao processo, foi criado o processo de Submissão Contínua que implica a apresentação de dados antecipados das fases de pesquisa já concluídas. Com a Submissão Continua, espera-se ganhar tempo de análise e poder realizar esta avaliação.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Experiência de Deus