Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Elias Aredes

Instituto Sou da Paz faz pesquisa e revela alto índice de assassinatos sem solução no Brasil

Pesquisa divulgada nesta quarta-feira, dia 13 de outubro, pelo Instituto Sou da Paz mostra que apenas 44% dos assassinatos registrados no Brasil são esclarecidos. Pior: apenas quatro estados demonstraram na investigação um alto percentual na  revelação dos  culpados.

Para fazer a pesquisa, o Instituto Sou da Paz acionou todos os Estados em busca de informações. Dezesseis estados e o Distrito Federal responderam com dados suficientes para a análise.

A Pesquisa levou em consideração assassinatos cometidos de  2018 e todo o ano de 2019. O campeão de eficiência foi o estado do Mato Grosso do Sul com uma taxa de elucidação de  89%. Outros estão bem colocados são os de Santa Catarina com 83% de eficácia, Distrito Federal com 81% e Rondônia, que teve 74% de seus homicídios resolvidos.

O Rio de Janeiro tem uma porcentagem de 14% e é o segundo estado com menor número de homicídios esclarecidos.  O Paraná tem o pior índice de casos resolvidos, com 12%. São Paulo encontra-se em uma faixa intermediária, com 46% de resolução.

Para o coordenador de projetos do Instituto Sou da Paz, Leonardo Carvalho, existem características semelhantes presentes nos estados com alto índice de resolução de homicídios e que não podem ser ignorandos

Leonardo Carvalho comemora o fato dos Estados Brasileiros entenderam o sentido do trabalho feito pelo Instituto Sou da Paz, uma mudança de comportamento que é comprovado nos últimos anos.

Especialista em Segurança Pública, Adalberto Santos considera que é preciso adotar ponderação na análise dos números e dos percentuais de esclarecimento dos homicídios.

Nos anos de 2015, 2016 e 2017 as pesquisas realizadas pelo  Instituto Sou da Paz registraram uma taxa de 32% em relação ao esclarecimento de homicídios no Brasil.

 

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Estação Brasil