Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Jair Bolsonaro utiliza discurso em evento para desferir novos ataques contra a democracia e aos adversários

Durou menos de 24 horas a trégua do presidente da República, Jair Bolsonaro, do PL,contra o sistema eleitoral. Na abertura de evento patrocinado pela Associação Paulista de Supermercados, a APAS, nesta segunda-feira, dia 16 de maio, o mandatário da república voltou a lançar dúvidas, sem provas, a respeito da integridade das eleições e do processo eleitoral brasileiro.

O discurso do mandatário da república durou aproximadamente uma hora e foi recheado de gritos, insultos e palavras de baixo calão. E segundo ele, não há nenhuma garantia de que o pleito marcado para o dia 02 de outubro deste ano ocorrerá em clima de tranquilidade.

O pronunciamento também foi uma oportunidade para desferir ataques contra o Partido dos Trabalhadores e contra o seu pré-candidato Luiz Inácio Lula da Silva, que até o momento lidera todas as pesquisas de opinião. De acordo com Jair Bolsonaro, o PT passa por um instante de soberba antes mesma da abertura das urnas eletrônicas.

De quebra, além de assegurar que não deve nada a Justiça brasileira Bolsonaro ainda criticou o ex-presidente Lula.

Para arrematar, apesar de ser o controlador majoritário da Petrobrás, por ser o comandante do estado brasileiro, Bolsonaro fez um discurso oposicionista em direção a empresa produtora de petróleo.

No início da noite de segunda-feira, dia 17 de maio, durante entrevista a um podcast, o senador Jacques Wagner, do PT da Bahia, afirmou que a declaração de Bolsonaro não tinha fundamento. Segundo ele, não ocorreu qualquer conversa com autoridades estrangeiras sobre uma hipotética posse de Lula em 2023. Segundo ele, as conversas ocorrem porque ele precisa defender a imagem do Brasil em virtude da política ambiental do atual Governo Federal. Jacques Wagner é presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente do Senado Federal.

Reportagem: Elias Aredes- Foto de Isac Nóbrega- Presidência da República

Reflexão Dom João Inácio – 25-04-20