Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Licitação do lixo em Campinas é interrompida por ordem do TCE

A Prefeitura de Campinas suspendeu na última segunda-feira (25) a licitação do lixo na cidade. A ordem foi do TCE, que é o Tribunal de Contas do Estado. O órgão apontou algumas irregularidades no processo. O contrato estabelece quais empresas vão fazer a varrição das ruas e avenidas da cidade, a coleta do lixo, a operação dos ecopontos, além de outros serviços. As informações são do jornal Correio Popular.

As propostas da concorrência, com valor estimado em mais de R$ 83 milhões, seriam conhecidas na terça-feira (26). Atualmente os serviços são feitos pela Renova e pela Estre.

Duas empresas interessadas no processo contestaram a concorrência e tiveram o apoio do desembargador do Tribunal de Contas, Dimas Ramalho. Além de paralisar a licitação, ele deu um prazo de cinco dias para a Prefeitura se posicionar sobre o caso.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Campinas disse que vai responder ao Tribunal de Contas no prazo previsto. Ainda segundo a Administração Municipal, a impugnação do edital do lixo era esperada, por ser um contrato de grande valor e por muitas empresas não conseguirem atender as exigências.

Imagem: Prefeitura de Campinas

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

De Mãos Dadas com Maria