Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Lote com 5,4 mil litros de IFAs chegam em fevereiro para produção da coronavac

Um carregamento com 5 mil e 400 litros de IFAs, Insumos Farmacêuticos Ativos, necessários para a produção de novas doses da Coronavac já estão prontos para partir da China e devem chegar ao Brasil até o dia 03 de fevereiro. 

O carregamento é suficiente para a produção de 8 milhões e 600 mil doses da coronavac que devem ficar prontas 20 dias após a chegada dos insumos. 

Segundo o governo de São Paulo, outros 5 mil e 600 litros estão em processo de liberação com o governo chinês. 

Juntos, os carregamentos somam 11 mil litros de insumos e serão suficientes para finalizar a entrega das 40 milhões de doses da coronavac produzidas pelo Instituto Butantan e compradas pelo Ministério da Saúde, afirma o diretor do instituto, Dimas Covas.

Dimas Covas também esclareceu que cada ampola da coronavac contém 0,62 ml dos insumos, mas que a dose mínima indicada para vacinação é de 0,5 ml, o que significa que se os agentes de Saúde respeitarem a medida indicada, cada 10 ampolas da coronavac podem vacinar 12 pessoas.

Durante coletiva realizada nesta terça-feira (26) o governador João Doria rebateu as declarações do governo federal e afirmou que a liberação dos insumos é fruto de negociações do governo de São Paulo.

Segundo o governo de São Paulo, a construção de uma fábrica do Butantan que vai permitir que todas as etapas de produção da corona sejam realizadas no Brasil devem ser finalizadas em setembro deste ano e a produção deve ter início em 2022.

O Butantan afirma que, com o término da construção da fábrica, será possível entregar 100 milhões de doses ao ano.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Estação Brasil