Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Giovanna Giuga

Madrasta e meia-irmã de menino torturado são transferidas para Tremembé

A madrasta do menino de 11 anos, encontrado preso em um barril, e a sua filha, uma jovem de 22 anos, foram transferidas nesta quarta-feira (3) para a Penitenciária Feminina de Tremembé. O presídio é conhecido por manter em regime fechado mulheres sentenciadas por casos conhecidos nacionalmente. 

Segundo a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), Luciana Rodrigues Pinto, de 39 anos, e Stefani Caroline Rodrigues de Souza, de 22, entraram às 12h30 na penitenciária. Antes disso, as duas estavam na penitenciária de Campinas.

Segundo a Polícia Civil, o pai do menino vai responder pelo crime de tortura, enquanto as mulheres, respondem pelo crime de omissão, já que a investigação considerou que o homem aplicou violência e grave ameaça que provocaram sofrimento físico e mental; enquanto que a namorada dele e sua filha, se omitiram e não impediram as agressões.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!