Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Maior parte dos contaminados por Covid-19 em Campinas é de adultos; especialistas, no entanto, defendem manter prioridades nos cuidados contra o vírus

Do total de pessoas contaminadas em Campinas pela Covid-19, a maior parte é de homens e mulheres entre 30 e 49 anos. Dos 74.715 casos do vírus confirmados pela Prefeitura, até esta segunda-feira (15), 32.604 são de adultos com mais de três e com menos de cinco décadas de vida. Ou seja, 43.6% do total.

Ao mesmo tempo, o número de idosos contaminados na cidade representa uma fatia muito menor do total de pessoas que têm ou tiveram o novo coronavírus. Apenas 13.031 ocorrências da doença em idosos de 60 anos ou mais foram confirmadas em Campinas, ou seja, de 17.4% do total. O índice de lotação das UTIS, as Unidades de Terapia Intensiva, em todas as redes do sistema de saúde da cidade chegou a 95.4%. É o patamar mais elevado desde o começo da pandemia, em março do ano passado.

Os dados fazem parte do portal Painel Covid-19, organizado pela Prefeitura de Campinas.

Especialistas ouvidos pela reportagem da Rádio Brasil foram perguntados se esse perfil de pessoas contaminadas justificaria uma possível mudança no foco da priorização dos cuidados com a Covid-19, das pessoas mais idosas pras mais jovens.

Segundo o médico epidemiologista e professor de medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic, André Ribas Freitas, a gravidade da doença continua sendo maior pros mais idosos. Mesmo com as novas variantes do vírus em circulação no Brasil.

Já na avaliação do médico infectologista do Hospital PUC-Campinas e professor de medicina da PUC-Campinas, André Giglio Bueno, a transmissão do vírus estar totalmente descontrolada no Brasil explica o número elevado de pessoas mais jovens contaminadas. E que as novas variantes podem influenciar a maneira da Covid-19 se comportar no corpo de homens e mulheres com menos de 60 anos.

Caso você ouvinte da Rádio Brasil queira saber mais detalhes sobre os números da Covid-19 em Campinas, deve acessar o site covid-19.campinas.sp.gov.br

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Manhã Brasil