Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Mais de dez pessoas são internadas por dia, no Estado de São Paulo, por desidratação durante o verão

O aumento das temperaturas durante o verão resulta em alguns problemas. Um deles, muito grave, é a desidratação. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, em média, acontecem 13 internações por dia por falta de hidratação adequada; 30% dos casos no Estado ocorrem no período de janeiro a março.

Ainda segundo o Governo Paulista, a cada dez internações por desidratação, quatro são pacientes idosos e dois têm menos de cinco anos de idade.

Considerando todo o ano, mais de 40% das internações por desidratação no SUS em São Paulo são de pacientes com mais de 60 anos, e aproximadamente 25% são de crianças menores de cinco anos.

Para o médico socorrista e cirurgião de urgência e trauma do Hospital PUC-Campinas, Gustavo Pellegrini Magaldi, algumas características explicam o motivo desses tipos de pessoas serem mais vulneráveis à desidratação.

Ainda segundo o médico Gustavo Pellegrini Magaldi, caso as pessoas não se hidratem, as consequências podem ser muito graves.

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo informou que, de janeiro a março do ano passado, aconteceram 1.286 internações por desidratação no Estado, sendo 559 de idosos e 311 de crianças menores de cinco anos de idade.

Imagem: EBC

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Santa Missa – Par. Sta Rita