Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Mais pobres têm dificuldades de arrumar empregos próximos de casa, diz pesquisa do IPEA

Os meios de transporte interferem, diretamente, no acesso a oportunidades de empregos, serviços de saúde e educação, contribuindo para a desigualdade. Isso é um resumo de estudo feito pelo IPEA, que é o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, nas 20 maiores cidades do Brasil, incluindo Campinas. Os dados foram divulgados na semana passada.

A pesquisa faz parte do Projeto Acesso a Oportunidades, desenvolvido em parceria com o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento. Em todas as cidades estudadas, a população branca e de alta renda tem mais acesso às oportunidades de empregos do que negros e pobres.

Em Campinas, a parcela da população considerada mais rica possui pelo menos o triplo de chances de conseguir um emprego próximo de onde moram do que a parte do povo mais pobre.

Enquanto isso essa parcela da população encontra até 5% menos chances de trabalho em locais em que é possível chegar a pé, sem usar nenhum tipo de transporte automotor, em até meia hora.

Para o pesquisador e economista do Observatório PUC-Campinas, Paulo Oliveira, a pesquisa levantou três pontos: saúde, educação e oportunidades de emprego.

Ainda segundo o economista Paulo Oliveira, os resultados apontam que ainda existe desigualdade no Brasil. E que cabe ao Poder Público oferecer soluções para evitar que isso piore cada vez mais.

Para saber mais detalhe da pesquisa do IPEA é necessário acessar o seguinte site: ipea.gov.br

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!