Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Médicos da linha de frente contra a Covid-19 ameaçam parar atendimentos em Monte Mor

Os médicos de Monte Mor, que atuam na linha de frente contra o novo coronavírus, denunciam que desde janeiro estão sofrendo um corte de 35% a 50% dos valores que recebem da Prefeitura. A categoria, inclusive, ameaça suspender os atendimentos ou se afastar pelo estresse que a medida resultou nos profissionais.

A denúncia, formalizada em fevereiro ao Sindimed, o Sindicato dos Médicos de Campinas e Região, está contida em uma carta enviada à reportagem da Rádio Brasil nesta quarta-feira (17), e destinada à população de Monte Mor.

Os médicos também disseram na carta que procuraram por representantes da Prefeitura de Monte Mor, mas que não tiveram explicações convincentes dos motivos do corte da gratificação, feita desde 2013 com o objetivo de compensar a remuneração bem abaixo da média dos profissionais que trabalham em outras cidades da região.

Até o fechamento desta reportagem tinham sido confirmados em Monte Mor 2.778 casos da Covid-19, com 80 mortes. A cidade possui aproximadamente 60,7 mil habitantes.

Segundo o médico e presidente do Sindimed, Moacyr Perche, a Prefeitura foi acionada formalmente pelo menos duas vezes, mas sem nenhuma resposta sobre os cortes nas gratificações.

Ainda de acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos de Campinas e Região, caso a situação persista, os 15 profissionais não terão condições de continuar atuando na linha de frente contra a Covid-19.

A Prefeitura de Monte Mor, por meio de nota, negou que cortou os salários dos médicos da rede municipal, mas confirmou que suspendeu a concessão das gratificações estabelecidas pela lei nº 1765, de 31 de julho de 2013. Por entender que tal benefício, do jeito que está sendo aplicado, é irregular, a Administração Municipal informou que busca, juridicamente, a forma adequada e legal pra pagar os valores aos médicos. O objetivo é cumprir a Lei Federal n° 173, de 27 de maio de 2020.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Destaques