Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Medidas de prevenção contra a Covid-19 precisam ser mantidos em 2021, diz especialista

A manutenção das medidas de prevenção contra a Covid-19, como a higienização constante, o distanciamento físico, o uso de máscaras, entre outras, deverá continuar em todo o ano de 2021, mesmo com o início da vacinação contra o vírus. Além disto as comemorações de fim de ano devem ser realizadas com muito cuidado e sem aglomerações.

As declarações e recomendações foram feitas pelo médico infectologista do Hospital PUC-Campinas e professor de medicina da universidade, André Giglio Bueno, em entrevista realizada na primeira edição do Jornal Brasil Agora desta terça-feira (29).

Segundo o Observatório PUC-Campinas, foram registrados na Região Metropolitana de Campinas desde o começo da pandemia, até esta terça-feira, 112.560 casos positivos da Covid-19, com 3.126 mortes. Considerando as mais de 40 cidades do Departamento Regional de Saúde de Campinas, são mais de 1,4 milhão de casos, com mais de 45 mil mortes causadas pelo novo coronavírus.

Na avaliação do infectologista André Giglio Bueno, a convivência com a doença ainda será duradoura.

Ainda segundo o médico do Hospital PUC-Campinas, as medidas de prevenção à Covid-19 não podem ser deixadas de lado neste momento. E nem no médio e longo prazo.

Por fim o especialista comentou sobre as festividades de fim de ano. De acordo com o infectologista André Giglio Bueno, as pessoas estão cansadas, mas precisam continuar com os cuidados contra o novo coronavírus.

Caso queira acompanhar, diariamente, os dados sobre a pandemia da Covid-19 na região de Campinas, é preciso acessar o site do Observatório PUC-Campinas em observatorio.puc-campinas.edu.br/covid-19/

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Acorda Brasil