Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Guilherme Maldaner

MP pede cassação da candidatura de Dário Saadi à Prefeitura de Campinas por suposta compra de votos

O Ministério Público Eleitoral apresentou uma representação para a Justiça, com objetivo de pedir a cassação do registro de candidatura ou diploma de Dário Saadi, do Republicanos, para a prefeitura de Campinas. O motivo desta ação é por uma suposta compra de votos.

Segundo a promotora Simone Rodrigues Horta Gomes, o candidato realizou exames gratuitos no dia 26 de setembro, em moradores do Condomínio Residencial Ouro Verde. De acordo com ela, este fato pode ser comprovado devido a panfletos distribuídos, que indicavam o evento.

A promotora também pede a aplicação de multa devida por conduta ilícita, mas o valor não foi indicado.

Segundo o setor jurídico da campanha de Dário Saadi, através de uma nota, esta representação ofende princípios básicos do direito e que a promotora mostra um “claro viés político”. Além disso, a nota ainda afirma que este evento ocorre há quase 20 anos no Residencial Ouro Verde.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!