Ao vivo

notícias

19 de fevereiro de 2024

Perspectiva Política: a micareta de Bolsonaro

Ouça a análise do cientista político Gerson Leite de Moraes, para o jornal Brasil Agora de hoje

ouça a notícia

Com algumas diferenças entre um episódio e outro, a história se repete.

Há cerca de duas semanas, o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), foi às redes sociais para fazer um chamamento aos seus correligionários: participar de uma manifestação na Avenida Paulista, em São Paulo, no final de fevereiro.

Pressionado pelas investigações dos atos criminosos do dia 8 de janeiro de 2023 em Brasília, e que se aproximam cada vez mais de seu nome, Bolsonaro não ostentava a retórica inflamada – pela qual já é muito conhecido – em seu primeiro vídeo.

Dias depois, com novos desdobramentos das investigações da Polícia Federal, ele vai novamente às redes e faz um capcioso pedido: para que os manifestantes do ato não levem cartazes, e que se concentrem em pedir “a defesa do Estado Democrático de Direito”.

O gesto, supostamente, isentaria o ex-presidente de uma acusação de insuflar o ódio contra as instituições, como o visto em 8 de janeiro. Em eventos idênticos, nas celebrações de 7 de setembro em 2021 e 2022 – esta, já na campanha eleitoral – Bolsonaro usou as tribunas para, sem nenhum constrangimento, atacar o sistema eleitoral brasileiro e atacar os poderes Legislativo e Judiciário.

Os objetivos do ato deste mês na Paulista não estão claros, e o país aguarda com expectativa, o desfecho da “micareta” de Bolsonaro. Este é o tema do comentário do cientista político, Gerson Leite de Moraes, no jornal Brasil Agora 1ª Edição desta segunda-feira, 19.

Clique no player para ouvir o comentário na íntegra.

 


A coluna “Perspectiva Política” vai ao ar às segundas-feiras, no jornal Brasil Agora 1ª Edição!


Ouça os comentários anteriores:

Kevin Kamada

Kevin Kamada

Jornalista

Kevin Kamada

Kevin Kamada

Jornalista

Compartilhe essa matéria