Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Número de mortes confirmadas pela Covid-19 em Campinas na últimas 24h bate recorde

A Prefeitura de Campinas atualizou o número de casos do novo coronavírus na cidade registrados nas últimas 24h. E as informações, na avaliação da Administração Municipal, não são boas: foram sete mortes causadas pela Covid-19. É o recorde de óbitos confirmados em um único dia. No total já foram registradas 51 mortes pela doença na maior cidade da região.

Os dados foram divulgados na manhã desta sexta-feira (22) em uma transmissão ao vivo pela internet direto do Palácio dos Jequitibás, sede da Prefeitura de Campinas.

Das novas mortes confirmadas causadas pela Covid-19, o mais jovem era um homem com 41 anos de idade, com outras doenças e que morreu na última terça-feira (19) em um hospital público da cidade. Já a mais idosa era uma mulher de 103 anos, que também morreu na última terça (19). Ela tinha outras doenças e faleceu em um hospital público de Campinas.

Na avaliação do secretário de Relações Institucionais, Wanderley de Almeida, isso é um sinal de que o novo coronavírus chegou nas regiões mais periféricas da cidade. “Quem tá acompanhando dia a dia os boletins talvez esteja percebendo como tem mudado um pouco a característica da doença em Campinas. A maioria dos casos eram de pessoas internadas em hospitais particulares, de exames feitos em locais particulares. A maioria dos casos divulgados hoje são de pessoas internadas em hospitais públicos e com exames confirmados em instituições públicas. O que dá pra deduzir é que a doença está se alastrando nas regiões mais periféricas e chegando nas pessoas com maior vulnerabilidade social”, disse.

Também foi divulgado nesta sexta-feira que a Rede Mário Gatti de Urgência e Emergência, responsável pelas unidades de saúde municipais em Campinas, vai abrir mais 30 leitos de UTI pra pacientes com Covid-19 no Hospital Mário Gatti nos próximos dias. Outros 15 já foram abertos no Hospital Ouro Verde nesta semana. 

Segundo o presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta, a ampliação das unidades de terapia intensiva é algo necessário neste momento. “Atualmente são 30 leitos de UTI no Ouro Verde e 13 no Mário Gatti específicos para pacientes com coronavírus. De pronto já conseguimos mais 15 leitos no Hospital Ouro Verde e, com autorização do prefeito Jonas Donizette, vamos contratar mais 42 médicos para atender mais 30 leitos de UTI no Hospital Mário Gatti”, explicou. 

Até o fechamento desta reportagem tinham sido confirmados 1.133 casos da Covid-19 em Campinas. Seguem sendo investigadas 328 ocorrências da doença e já foram descartados 2.234 casos. 857 pessoas, segundo a Prefeitura de Campinas, já se recuperaram do novo coronavírus.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Panorama Regional