Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Número de vítimas de homicídio doloso em Campinas bate recorde em setembro

O número de vítimas de homicídios dolosos em Campinas em setembro deste ano é o maior para o período desde 2004. Os dados são da SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo) e foram divulgados na última quinta-feira.

Foram registradas 18 mortes por homicídio doloso no mês passado, número inferior apenas ao de setembro de 2004, quando 33 pessoas foram assassinadas em Campinas.

Homicídio doloso é quando o autor do crime comete o ato de forma intencional, diferente do homicídio culposo, quando não há intenção.

Ainda segundo os dados da SSP, o mês mais violento desde então em Campinas foi em janeiro do ano passado. Na época foram registradas 21 mortes por homicídio doloso, sendo que 12 dos casos foram de uma mesma família, que estava em uma chácara durante a passagem de ano.

Para o cientista político e coordenador do PolCrim (Laboratório de Estudos sobre Política e Criminologia da Unicamp), Frederico de Almeida, vários fatores podem explicar o motivo de tantos homicídios na cidade.

De acordo com a psicóloga e professora de psicologia forense da PUC-Campinas, Maria de Fátima Franco dos Santos, uma das soluções para reduzir os casos de homicídios é o desenvolvimento de uma cultura de paz pela sociedade.

Considerando todo o ano de 2018, 103 pessoas foram vítimas de homicídio doloso em Campinas.

Reportagem: Luiz Felipe Leite

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!