Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

O que o povo da Arquidiocese de Campinas espera do seu novo pastor

Esperança, fé e amor. Estas são algumas palavras usadas pelos fieis da Arquidiocese de Campinas ao serem perguntados sobre o que esperam de Dom João Inácio Müller, que vai assumir no próximo domingo como novo Arcebispo de Campinas.

A reportagem da Rádio Brasil Campinas entrevistou nesta semana alguns deles, de diferentes idades, paróquias e cidades.

A estudante Marina Tinarelli, de 18 anos de idade, frequenta a Paróquia Santa Cruz, em Campinas. Segundo ela, a esperança e a humildade devem estar unidas em torno do novo Arcebispo.

O empreendedor Márcio Gomes, de 41 anos de idade e que participa da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, em Hortolândia, espera que Dom João Inácio esteja próximo das pessoas.

De acordo com o bancário Laor Furlan, de 53 anos de idade e frequentador da Paróquia Santana, em Valinhos, o novo Arcebispo deverá ser um “pai espiritual” para todos os fieis.

A chegada de Dom João Inácio Müller significa a chegada de um novo tempo para a região. Esta é a opinião do Assistente Administrativo Jean Pereira do Nascimento Alves, de 27 anos de idade e que participa da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, em Hortolândia.

A estudante Flávia Vitorino da Silva disse estar feliz e ansiosa para a vinda do novo pastor. Ela tem 22 anos de idade e faz parte da Paróquia Nossa Senhora Aparecida dos Campos Verdes, em Hortolândia.

As seguintes cidades fazem parte da Arquidiocese de Campinas: Campinas, Elias Fausto, Hortolândia, Indaiatuba, Monte Mor, Paulínia, Sumaré, Valinhos e Vinhedo.

Na Arquidiocese existem 102 paróquias, 19 capelas, 140 padres e 26 diáconos.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!