Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Pesquisa internacional aponta que brasileiros são os que mais acreditam em fake news

Considerando a população de 27 países, o Brasil é a nação com o maior número de pessoas que já acreditaram em uma notícia, que na verdade, não era verdadeira. São as chamadas fake news. Os dados são de uma pesquisa realizada entre junho e julho deste ano pela Ipsos, empresa de pesquisa de mercado independente, que atua em 89 países.

Seguindo os brasileiros, estão árabes, sul-coreanos, peruanos, espanhóis, chineses, suecos, indianos e poloneses. Mais de 20 mil pessoas foram entrevistadas nos países que participaram da pesquisa.

62% dos entrevistados no Brasil afirmaram já terem acreditado em uma notícia falsa. Este índice é o maior de todos os países pesquisados. Ainda de acordo com o estudo, a quantidade de brasileiros que admite já ter acreditado em fake news contrasta com o fato de que 68% deles afirma saber diferenciar o que é real do que é falso.

Segundo especialistas ouvidos pela reportagem da Rádio Brasil Campinas, vários fatores explicam o fato de que os brasileiros são os que mais acreditam em notícias falsas, desde o baixo índice geral de escolaridade da população até o fato de que a população brasileira tem uma característica cultural de ser crente, ou seja, de acreditar nas coisas.

De acordo com o jornalista, professor e Mestre em Filosofia Social pela PUC-Campinas, Marcel Cheida, existem muitas informações disseminadas ao nosso redor, mas nem todas são de qualidade.

Para a jornalista e coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da Faculdade Anhanguera de Piracicaba, Flávia Goes Vieira Salgueiro, o fato de estarmos tão próximos de uma eleição nacional coloca as fake news em um patamar ainda mais importante nas discussões.

Segundo o jornalista, professor da PUC-Campinas e doutor em Ciências da Comunicação pela USP, Carlos Alberto Zanotti, as notícias falsas não aparecem do nada: sempre há interesses de indivíduos ou grupos em torno das fake news.

É possível acessar a pesquisa da Ipsos pelo site da empresa em www.ipsos.com/pt-br

Reportagem: Luiz Felipe Leite

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!