Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Plano de 100 dias de Dário Saadi tem 73 propostas; investimento total deve ser de R$ 60 milhões

O prefeito de Campinas, Dario Saadi (Republicanos), apresentou o plano dos primeiros 100 dias de governo na tarde desta segunda-feira (11).

Ao todo, foram divulgados 73 projetos para 14 secretarias municipais como Saúde, Educação, Serviços Públicos e Assistência Social.

Na Saúde, por exemplo, a expectativa é a de que 200 médicos sejam convocados, entre estes, 158 concursados e outros 42 por meio do programa Mais Médicos Campineiros.

Além do tratamento dos pacientes com Covid-19, os 200 médicos que vão ser convocados devem atender a população que procura os serviços de Saúde com outros sintomas.

O Plano de 100 dias de Governo de Dário Saadi prevê também o encaminhamento à Câmara do Projeto de Lei (PL) que prevê a redução de até 20% dos 750 cargos comissionados da Prefeitura de Campinas, explica Dario Saadi.

“Na questão da regularização dos cargos em comissão nós vamos finalizar a elaboração e enviar até 31 de janeiro Projeto de Lei para regularização e redução dos cargos em comissão na Prefeitura de Campinas. Essa nova Lei também vai definir critérios para que as pessoas possam ocupar cargos em comissão no município de Campinas. É uma questão que já está sendo bastante discutida e deve chegar à Câmara até o dia 31 de janeiro”. 

Na tarde desta segunda-feira (11), Dario Saadi também anunciou que 330 profissionais devem ser contratados para trabalhar na manutenção da cidade, função antes realizada por meio do programa Reeducandos que está suspenso desde o início da pandemia. 

Ao todo, R$ 60 milhões de reais devem ser investidos pela Prefeitura de Campinas para realizar os 73 projetos previstos no Plano dos primeiros 100 dias do governo de Dario Saadi.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!