Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Prefeito de Campinas rebate dados do Atlas da Violência

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), falou sobre os dados divulgados pelo Atlas da Violência – Retrato dos Municípios Brasileiros 2019, divulgados na última semana. A taxa de homicídios por 100 mil habitantes da cidade aumentou de 16,1 para 18, de 2018 para 2019.

O estudo foi desenvolvido pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

De acordo com o Ipea, o Atlas da Violência tem o objetivo de analisar os indicadores para uma melhor compreensão do processo de acentuada violência no Brasil. Os números de mortes são contabilizados a partir da Classificação Internacional de Doenças como eventos que envolvem agressões e óbitos provocados por intervenção legal.

Segundo o prefeito Jonas Donizette, os dados divulgados não refletem a realidade atual da cidade de Campinas.

Para o advogado criminalista e pesquisador do Laboratório de Análise Espacial de Dados Epidemiológicos da Unicamp, Antônio Carlos Bellini Junior, é importante que as informações sejam investigadas com profundidade.

Ainda segundo o Atlas da Violência – Retrato dos Municípios Brasileiros 2019, Das 20 cidades acima de 100 mil habitantes com maiores taxas de mortes violentas, dezoito estão na região Norte ou na Nordeste do Brasil. Mais informações sobre o assunto podem ser acessadas no seguinte site: www.ipea.gov.br/atlasviolencia.

Imagem: EBC

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!