Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Prefeito de Vinhedo nega irregularidades apontadas pela Comissão Processante

O prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz (PSDB) negou, em depoimento a Câmara dos Vereadores, na segunda-feira, as irregularidades apontadas pela Comissão Processante.

A CP investiga 12 irregularidades nas contas de 2015 entre elas, a abertura de créditos suplementares, o não recolhimento do INSS dos servidores municipais e gastos abusivos com shows.

O prefeito ainda afirmou que a crise econômica foi a causa do não pagamento previdenciário, já que a Prefeitura de Vinhedo arrecadou R$ 22 milhões de reais a menos do que o previsto. A administração municipal utilizou este dinheiro para pagar salários de funcionários e cobrir gastos com a saúde no município.

Sobre os gastos excessivos com shows, o prefeito afirmou que o orçamento de pouco mais de 1 milhão de reais com shows da festa da Uva já estava previsto e aprovado pela Câmara dos Vereadores.

Esta foi a última oitiva feita pela comissão. A defesa do prefeito Jaime Cruz tem até sexta-feira desta semana para entregar as alegações.

O relatório final vai emitir um parecer sobre a cassação ou não do prefeito de Vinhedo.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Nenhum evento encontrado!