Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Prefeito Jonas Donizette nega omissão em problemas no Hospital Ouro Verde, durante depoimento à Comissão Processante

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), prestou depoimento na manhã desta quinta-feira na Câmara Municipal para a Comissão Processante. A CP investiga se ele foi omisso no escândalo de corrupção do Hospital Ouro Verde. O local foi administrado pela Organização Social Vitale até o fim de 2017.

Jonas Donizette respondeu, por quase uma hora e meia, perguntas dos vereadores Luiz Cirillo (PSDB), presidente da Comissão, Gilberto Vermelho (PSDB), relator da Comissão e Filipe Marchesi (PR), terceiro integrante da Comissão Processante. Quem também questionou o prefeito foi o vereador Marcelo Silva (PSD), autor da denúncia que resultou na criação da CP.

Jonas afirmou no começo do depoimento que tomou todas as medidas necessárias para evitar mais prejuízos ao Município de Campinas.

O prefeito também foi perguntado se o ex-secretário de Assuntos Jurídicos, Silvio Bernardin, havia falado sobre problemas com a Organização Social Vitale, Jonas negou e defendeu Bernardin, preso durante a Operação Ouro Verde e solto recentemente.

Durante o depoimento Jonas atacou a oposição por um suposto oportunismo político durante a crise que resultou na saída da Vitale da gestão do Hospital Ouro Verde

Após o depoimento o prefeito Jonas Donizette foi para Brasília, onde tinha compromissos pela Frente Nacional de Prefeitos e para tentar intermediar a situação envolvendo os precatórios de Campinas. A Comissão Processante tem até o dia 7 de março para terminar os trabalhos.

Imagem: Central de Comunicação Institucional da CMC

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!