Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Celina Silveira

Prefeitura de Campinas decreta fase vermelha a partir de quarta-feira (03)

A Prefeitura de Campinas decidiu decretar fase vermelha na cidade a partir desta quarta-feira (03). A fase mais restritiva do Plano SP terá duração de 14 dias, ou seja, está prevista para terminar no dia 16 de março, após reavaliação da gestão municipal. 

Em Campinas, durante a fase vermelha, além dos comércios essenciais, bares e restaurantes podem abrir desde que as vendas sejam feitas pelo sistema de entrega ou retirada. 

As igrejas também podem atender ao público, desde que obedeçam a ocupação de 30%, distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e encerrem as atividades até as 20h. Até o próximo dia 16, parques públicos ficarão fechados e eventos estão proibidos.

As aulas presenciais para todos os níveis de ensino das redes municipal e estadual estão proibidas durante a fase vermelha, assim como as aulas da rede privada. Apenas os cursos de nível superior da área de Saúde podem oferecer aulas presenciais.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Lair Zambon, a fase vermelha é necessária neste momento porque assim como os leitos de UTI – Covid, há risco de colapso dos leitos para pacientes com outras patologias.

Nesta quarta-feira (02) a Prefeitura de Campinas também anunciou que o agendamento da vacinação para a população com mais de 77 anos já está aberto no site vacina.campinas.sp.gov.br.

O Departamento de Vigilância em Saúde alerta que mesmo quem já fez o cadastro no sistema estadual de vacinação deve fazer o agendamento através do sistema municipal para poder receber a vacina.

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Panorama Regional