Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Programa Mais Médicos Campineiro é protocolado na Câmara de Vereadores

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), foi à Câmara na última sexta-feira e protocolou pessoalmente o projeto de lei que cria o “Mais Médicos Campineiro”. A previsão inicial é de que ele seja aprovado pelos vereadores até a segunda semana do mês de junho.

O programa tem o objetivo de ampliar o número de médicos que atendam a população nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), por meio do programa de saúde da família, além de formar novos médicos especialistas de medicina da família e comunidade. O projeto foi criado em parceria com as faculdades de medicina da PUC-Campinas, Unicamp e São Leopoldo Mandic.

Segundo o projeto, vão ser oferecidas 120 vagas para médicos formados com registro no CRM (Conselho Regional de Medicina).

O custo das bolsas, que vão ser oferecidas aos médicos, vai ser de aproximadamente R$ 1,8 milhão por mês, ou seja, R$ 11 mil líquidos para cada profissional.

O prefeito Jonas Donizette foi perguntado se há alguma relação direta com a entrega do projeto na Câmara com a crise recente na saúde da cidade. Várias instituições do município, como o Hospital PUC-Campinas, tiveram de interromper o atendimento ao público por superlotação. O Chefe do Executivo desconversou sobre o tema.

Segundo o secretário de Saúde de Campinas, Cármino Antônio de Souza, o projeto vai reforçar uma lacuna existente na cidade.

O presidente da Câmara de Campinas, vereador Marcos Bernardelli (PSDB), disse que a proposta vai ser avaliada com muita atenção pelos parlamentares.

Mais detalhes sobre o programa Mais Médicos Campineiro dependem da aprovação do projeto na Câmara para, em seguida, ser regulamentado pela Prefeitura.

Imagem: Câmara Municipal de Campinas

Deixe o seu comentário

* campos obrigatórios.

Rádio Brasil Campinas - A Rádio da Nossa Gente!