Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Felipe Zangari

Reflexão Dom João Inácio – 14-04-20

Acompanhe aqui a mensagem do nosso Arcebispo nesta terça-feira da Oitava da Páscoa.

“Paz e benção saúdo vocês que nos acompanham pela Rádio Brasil, Felipe, o saúdo, bom dia, a sua equipe e nós rezamos:

‘Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia!,pois o Senhor que mereceste trazer em vosso seio, aleluia!, ressuscitou como disse, aleluia!, rogai a Deus por nós, aleluia!, alegrai-vos exultai ó virgem Maria, aleluia!, por que o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia!

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém!

Oremos: Ó Deus que pela ressurreição de vosso filho, nosso Senhor Jesus Cristo, fizeste brilhar no mundo a alegria, fazei que pela intercessão da virgem Maria, sua Mãe, cheguemos nas alegrias eternas. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!’

E a palavra de Deus continua a fazer catequese conosco, para nós hoje, Pedro, no dia de Pentecostes, ele cheio no Espírito Santo com muita coragem, ele fala verdades e coisas da experiência do ressuscitado aos Judeus que crucificaram Jesus, que talvez nós não teríamos coragem de dizer. E Pedro, ele não usa meias palavras não, ele diz ‘vocês crucificaram Ele, vocês jogaram Ele fora, mas Ele foi aprovado por Deus e Deus o ressuscitou”. E ele são tocados pela pregação de Pedro, e eles perguntam, pedem: ‘E o que é que nós temos que fazer?’ E pedro então diz: ‘Ó, vocês devem ser mergulhados na vida de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo’. Ou seja, vocês devem batizados.

Meus irmãos, minhas irmãs, nós já fomos batizados, mas o batismo não termina, toda a nossa vida é como que um batismo, nós temos que todos os dias permitir sermos julgados cada vez mais profundamente para dentro da vida do Pai, do Filho e do Espírito Santo, vivermos no amor incondicional do Pai, acolhendo cada vez mais a vida do Filho e nos deixar movimentar pelo Espírito Santo.

No evangelho, nós lemos João 20, é continuação do texto de domingo da Páscoa, anteontem, depois que Pedro e João correram até o túmulo, aí depois eles voltaram pra casa, diz o versículo décimo. Hoje nós lemos do décimo primeiro em diante, Maria Madalena ficou no túmulo, ela insistiu no encontro com o Senhor, e aí ela ficou ai, ela olhou pra dentro do túmulo, ela viu dois anjos e começou a conversar com eles, ela se virou, creo, acreditou que era o jardineiro, ai conversou com aquele homem. ‘Se foi o senhor que o tirou, eu só quero saber onde o colocaste, eu irei buscá – lo’. Como Maria Madalena fizera uma experiência de amor profundíssima com Jesus, e então, Jesus diz o nome dela, e ela então se dá conta que é Ele mesmo.

Quando uma pessoa, qualquer pessoa, se sente tocada por Cristo, mas tocada profundamente, quando passa por uma profunda experiência do amor de Deus, então, eu diria assim, necessariamente ela muda de vida, ela tem que mudar de vida, acontece uma verdadeira conversão. E sua vida dali pra frente vai ser pauta, vai ser orientada por Deus, pela palavra de Deus, e começa a ter a mente de Jesus Cristo, São Paulo fala disso bastante, começa a ter o pensar de Jesus, o conhecimento de Jesus.

Maria Madalena, depois que ela se encontrou com o ressuscitado ela foi ao encontro dos apóstolos e ela transmitiu aos apóstolos a experiência que ela tivera com Jesus ressuscitado. Ela diz assim: ‘Eu vi o Senhor’.

Que Deus na sua grande bondade tenha misericórdia de nós, que Deus nos dê aquela tenacidade de procurar, de buscar Jesus todos os dias com todas as nossas forças. Que Maria santíssima nos envolva o seu manto e que Deus nos dê a capacidade de aproveitar bem o tempo que nós temos, que desça sobre você, sobre a sua família, sobre o seu trabalho, onde você está, também sobre as pessoas doentes, as pessoas acamadas, sobre quem cuida dessas pessoas, a presença do nosso querido e bom Deus, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém! Abençoado dia.”

O Som do Sagrado