Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Luiz Felipe Leite

Reflexão Dom João Inácio – 21-04-20

Ouça aqui a mensagem do nosso Arcebispo, Dom João Inácio Müller, para esta terça-feira.

“Paz e benção, hoje dia 21, feriado, dia de Tiradentes, dia de continuar a nossa vida cristã nessa segunda semana do tempo pascal, dia de rezar, saúdo você que nos acompanha pela Rádio Brasil, saúdo com muito carinho e gratidão o Felipe e sua equipe, que nós iniciamos rezando com Maria santíssima:

‘Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia!,pois o Senhor que mereceste trazer em vosso seio, aleluia!, ressuscitou como disse, aleluia!, rogai a Deus por nós, aleluia!, alegrai-vos exultai ó virgem Maria, aleluia!, por que o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia!

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém!

Oremos: Ó Deus que pela ressurreição de vosso filho, nosso Senhor Jesus Cristo, fizeste brilhar no mundo a alegria, fazei que pela intercessão da virgem Maria, sua Mãe, cheguemos nas alegrias eternas. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!’

Hoje, a liturgia continua a nos brindar, em continuidade a ontem, textos bonitos, onde os dados da nossa fé, a compreensão do Cristo ressuscitado, as consequências são compreendidas, são levadas então suas consequências. No texto dos Atos dos Apóstolos, a comunidade reunida, ela vai se dando conta que ela precisa viver na prática o mandamento da caridade, bem querer um ao outro, o cuidado zeloso um pelo outro, nasceu entre eles a compreensão que de fato tudo vem de Deus, nada, nunca nada pode ser absolutamente propriedade de uma pessoa, nunca, porque não foi ela que criou nada, tudo bem ela trabalhou, pode ter recebido em herança, conseguiu lucrar, mas nunca nada é nosso em absoluto. Aquilo que realmente é nosso, são as nossas misérias, os nossos pecados, os nossos apegos, mesmo as nossas virtudes, as coisas boas que nós fazemos, nós conseguimos fazê-las por graça de Deus,pela presença de Deus em nós, a única coisa que é nosso mesmo é o pecado. Quando eu faço um esforço muito grande de ir contra Deus, isso é meu, o meu pecado é meu, as outras coisas não são minhas.

Então, a comunidade que está se construindo, ela vai se dando conta que os irmãos e as irmãs em necessidade devem ser amparados para por quem tem condições. Nós estamos hoje vivendo na igreja experiências muito lindas nesse sentido, nesse tempo, não só a arquidiocese mas as dioceses mais ou menos do mundo inteiro estão, digamos, com as portas fechadas, os edifícios fechados, mas a igreja não está fechada, a igreja continua viva, dinâmica, continua a viver o amor, continua a acolher o dom do alto que é Jesus, mas na prática nós estamos tendo experiências bonitas de partilha. Eu não gosto muito de citar as paróquias, mas aqui em Campinas duas paróquias, ontem os Padres me referiram, cada uma das duas conseguiu entregar nesses últimos dias, nessa última semana, ou agora mesmo, ontem, anteontem, final de semana, mais de 600 cestas básicas.

Isso significa o que? Significa que as pessoas doam, que as pessoas se dão conta que tem, tem o bastante e podem ajudar quem não tem. Olha, eu aqui na minha casa busco fazer , mais ou menos assim também, eu assim que tenho algo, como ultimamente eu tive, então eu vou dando pros outros aqui, eu tenho vizinhos, eu chamo alguma pessoa que sei que tem necessidade para levar. Nós não devemos nos apegar, e o que nós não devemos permitir em absoluto, coloque isso como regra diante você, ensine isso para o seus filhos, para os seus netos, nunca deixar estragar comida, nunca deixar perder nada, mesmo aquilo que você tem em casa que você não usa mais, não é seu, Passa pra frente.

Gente, nós não vamos conseguir acrescentar nada a nossa vida, não dá pra acrescentar anos, nós temos aqueles anos, Deus é quem nos dá os anos, então busquemos acrescentar vida aos nossos anos, tá bom? Então é um texto bonito de ler, nos Atos dos Apóstolos, se você quiser ler pode ler, é Atos 4:32-37.

Eu rezo a presença de Deus sobre a sua vida, também sobre o nosso hospital da PUC, eu soube que nosso hospital da PUC também entrou para fazer as pesquisas para tentar descobrir uma vacina, isso é muito orgulho para nós, então nós estamos juntos, como outros hospitais, mas o nosso hospital, sim, é valente, tem pessoas de muita competência, e nós precisamos rezar muito pelos cientistas, farmacêuticos, eles é que estão ali fazendo as pesquisas, e aos poucos eles vão começar também a fazer experimentos, ou seja, eles vão colocar doses desses experimentos deles em algumas pessoas infectadas para ver como vai reagir, é assim que funciona a vacina, então assim que eles vão descobrir qual é a reação que o ser humano tem. Então rezemos por essas pessoas e que sobre todos vocês desça a graça e a bênção, por intercessão de Maria santíssima, em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém! Abençoado dia.”

Brasil Agora 2ª Edição