Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Felipe Zangari

Reflexão Dom João Inácio – 24-03-20

Acompanhe a mensagem do nosso Arcebispo para esta terça-feira.

Bom dia Felipe, bom dia a todos os que nos acompanham pela Rádio Brasil.

Dia lindo hoje, céu claríssimo, ar puro, hoje de manhã eu levantei fiz uma boa caminhada. Não se pode caminhar onde se tem gente caminhando, nada de aglomeração, não se deve ter companhia, de modo particular, com pessoas, com as quais a gente não convive no nosso dia-a-dia, pessoas vizinhas e assim por diante.

Todos casos fez muito bem, eu fui observando que agora que quase não tem carros girando, que nós desligamos as máquinas, o ar está com muito mais saúde, por que a poluição praticamente não existe. Interessante nós observarmos isso, como nós, pessoas humanas, para nós, vivermos e vivermos desse jeito meio maluco, como nós inventamos viver, como nós fazemos a natureza sofrer.

E hoje a palavra de Deus, estamos lendo sempre o evangelho de São João, capítulo 5, “Jesus vê”, Interessante, em são João Jesus sempre vê, e vê de modo particular os sofrimentos das pessoas. E Jesus vê um senhor que está há 38 anos ali paralítico, e ele não consegue entrar na água que cura e ninguém o leva até esta água. Então é um texto que cai muito para nós nesse momento em que nós estamos recolhidos, nós que procuramos não transmitir o mal pros outros e também não queremos que os outros nos façam doentes. Então neste momento, Jesus, invés dEle ficar ali na piscina de Betesda, (eu fui visitar essa piscina). Invés d’Ele ficar ali e esperar a água se movimentar para então levar aquele senhor doente paralítico até a água, o que que Ele faz? Óbvio, Ele é a piscina curadora, Ele é a água que cura, então Ele vai até o encontro desse paralítico.

É muito bonito isso que o nosso Senhor faz, e olha nós estamos nessa quaresma, ainda, sempre, de novo refletindo aquele texto bonito de Lucas: Que o bom samaritano viu, teve compaixão e cuidou dele. Jesus faz isso a toda hora ensinando pra nós, que nós precisamos também fazer isto.

Então Jesus, a piscina vivente, a fonte de água viva, Ele vai ao encontro do paralítico como que se derrama para dentro da vida do paralítico, e Jesus é muito simples nas palavras dele, por que Deus é muito simples. E o que que Jesus diz hoje para aquele homem ser curado? Ele diz o que? ‘Levanta-te, pega tua cama e anda’, coisa tão simples, Jesus não falou nem pra fazer chá, nem pra ir pra farmácia, nem pegar a receita de um médico, nada disso. Ele só disse: ‘Levanta – te, pega a tua cama e anda’.

Jesus também diz isso para nós, nós precisamos escutar Jesus, ele tem a palavra para nós, precisamos crer na palavra e obedecer a palavra. Por isso, meus irmãos e minhas irmãs, como eu dizia ontem na missa que eu rezava lá no Século 21, no estúdio. ‘Busquemos neste dias ler mais a sagrada escritura – e eu convido de novo – busquem ler todo o evangelho de São João’. Nós vamos continuar a ler o evangelho de São João, e Jesus de maneira Muito simples nos ajuda a ver e nos ajuda a também viver nesse momento delicado, que nós estamos vivendo. E então aquele homem, acreditou, juntou forças, se levantou, pegou a cama e começou a caminhar, e Jesus com as ações boas que Ele faz, Ele se deu mal, por que os Fariseus cada vez mais buscaram matar Ele.

No mundo de hoje também, na sociedade de hoje nós podemos contemplar pessoas que fazem muito bem, mas são muito difamadas, e talvez isso aconteça também com você, com pessoas que você conhece. Precisamos sempre olhar com calma, Jesus diz “ Do fruto você conhece a árvore”, olhemos sempre os frutos que as pessoas deixam para conhecermos a árvore, se ela é boa, e domingo, lembramos São Paulo, na carta aos Efésios, ele recomendava a pessoa que está ungida pelo Espírito Santo,é uma pessoa de Deus, ela é uma pessoa bondosa, uma pessoa justa e uma pessoa verdadeira.

Rezo a graça e a benção de Deus sobre você, sobre toda a sua família, sobre suas atividades, de modo particular, rezo por quem zela pela saúde de nossos doentes, para quem trabalha em nossos hospitais, também quero rezar hoje, por empresários que estão ajudando a nós , para nós podermos atender melhor no hospital da PUC, as pessoas que precisam de cuidado. E também lembro se tem algum empresário, empresário católico, empresário de boa vontade,e que queira nos ajudar, nós estamos tentando fazer alguns galpões, tendas, acampamentos para nós podermos receber, fazer a triagem e cuidar bem das pessoas que também pensam que têm o vírus, esse Covid-19, ou pessoas que têm outras doenças, por favor entrem em contato com a gente através da Rádio Brasil, através do hospital da PUC, nós também precisamos de mais ajuda!

Então que a força e a graça de Deus desça sobre você, para você crer nas piscina que visita você, a piscina de Betesda se chama Jesus, e Ele diz a você: ‘Levanta – te, pega a tua cama e anda’. Que a força e a graça por intercessão de Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora do Remédios, a nossa padroeira ,da Conceição, as graças do Senhor desçam sobre vocês em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém! Abençoado dia.

O Som do Sagrado