Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Felipe Zangari

Reflexão Dom João Inácio 24-08-20

Acompanhe aqui a mensagem do nosso Arcebispo para esta segunda-feira, Festa de São Bartolomeu, Apóstolo.

“Paz e benção ao senhor e a senhora, bom dia a você que nos acompanha pela rádio Brasil, Felipe, abraço a você e a sua equipe. Esta semana, vigésima primeira, nós, sexta a noite, dia 28 às 19h30 3m vinhedo, na paróquia Sant’Ana, nós teremos a ordenação do diácono João Carneiro, então é muito importante que nessa semana nós rezemos nas intenções desse jovem, para que ele esteja bem preparado e tenha um presbiterado dedicado. Hoje, dia 24 de agosto, a igreja celebra São Bartolomeu, um dos apóstolos, nós rezamos:

‘ O Anjo do senhor anunciou a Maria e ela concebeu do Espírito Santo; Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a vossa palavra;E o verbo se fez carne e habitou entre nós: Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém!

Rogai por nós santa mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo, oremos: Infundi Senhor, como vos pedimos a vossa graça em nossos corações, para que havendo conhecido pela anunciação do anjo a encarnação de Jesus Cristo, vosso filho, cheguemos por sua paixão e morte de cruz, a glória da ressurreição, pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém!

Senhor, no silêncio deste dia que amanhece, venho pedir-te a paz, a sabedoria, a força, quero olhar, hoje, o mundo com olhos cheios de amor, ser paciente, compreensivo, manso e prudente, ver teus filhos além das aparências como tu mesmo os vê, e assim, não ver, se não, o bem em cada um. Cerra meus ouvidos a toda calûnia, guarda minha língua de toda maldade, que só de benção se encha o meu espírito, que eu seja tão bondoso e alegre que todos os que se aproximarem de mim sintam a tua presença, reveste me de tua beleza ó Senhor, e que no decurso deste dia eu te revele a todos. Amém!’

Nós lemos, hoje, o texto do evangelho de São João, onde narra Felipe, que encontra Natanael e Felipe então fala para Natanael, que foi encontrado de que Moisés escreveu na lei e também os profetas, Jesus de Nazaré, filho de José. Então, Felipe diz para Natanael: ‘Olha, encontramos aquele de quem as escrituras falam’ Ou seja, Messias e Natanael, de maneira muita imediata, ele diz: ‘De Nazaré pode sair coisa boa?’ E então Felipe respondeu: ‘Vai ver!’. E aí então temos depois o diálogo entre Jesus e Natanael, o que que Jesus diz para Natanael: ‘Antes que Felipe te chamasse, enquanto estava debaixo da figueira, eu te vi!’.

Então muitos historiadores se perguntam, o que é esse ‘debaixo da figueira’? Então, eu sempre trago lembranças do meu ano de Jerusalém, os estudos dirá, figueira também significa a lei, a Torá, sagrada escritura ou o coração de Deus, então esse Natanael, ele estava embaixo da figueira, ou seja, ele se colocou debaixo da palavra de Deus, debaixo da revelação de Deus, estava estudando a revelação de Deus que se revela na escritura. Então ele era um homem buscador de Deus e Jesus então diz: ‘Eu te vi enquanto você estava me buscando’, por que Jesus está presente na lei, ele é a lei, está presenta nas escrituras, ele é a palavra. Então parece que o próprio Natanael foi como que compreendendo isso.

Então, no dia de hoje, é importante que nós tenhamos muito claro que nós precisamos nos ocupar em aprofundar a nossa relação com Deus, nós precisamos dar um mergulho para Dentro de Deus, porque? Por que nós precisamos ter uma relação com Deus e quem não mergulha, quem não aprofunda a relação, essa relação morre, mesmo entre duas pessoas. Duas pessoas que não crescem no seu relacionamento, a relação estável, isso não quer dizer que tem que conversar a cada dia, mas a relação tem que continuar, então Jesus, ele percebeu que Natanael estava, mesmo que sem conhecer ele pessoalmente, Natanael estava conhecendo já bastante de Jesus, e Jesus, então, percebeu que ele era um homem buscador, buscador do profundo, disse, buscador de Deus, é óbvio, do profundo de Deus e Deus não tem superficialidade e buscador de Deus através das sagradas escrituras, então, ele era de fato um homem, que como que morava, não só debaixo da figueira, mas no ambiente da figueira, então ele era um homem que vivia no ambiente da palavra e ali ele se mostrava um mendicante de sentido, de viver através da palavra.

Maria Santíssima fez mais ou menos esse percurso, então, neste dia, coloquemo-nos debaixo da proteção de Maria Santíssima e que do alto deixemo-nos abençoar por Deus que é Pai e Filho e Espírito Santo. Amém! São Bartolomeu, apóstolo, rogai por nós!”

Nenhum evento encontrado!