Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Felipe Zangari

Reflexão Dom João Inácio – 29-03-20

Acompanhe aqui a mensagem do Arcebispo para este 5º Domingo da Quaresma.

Paz e benção, bom e abençoado domingo, a você e a sua família, Felipe saúdo você e sua equipe.

Hoje, com toda a igreja, nós estamos, nós que caminhamos para a páscoa da ressurreição, nós estamos no quinto domingo da quaresma, e no quinto domingo nós lemos o evangelho de São João capítulo onze, e nós contemplamos a ressurreição de Lázaro. Segunda leitura, carta de São Paulo aos Romanos, capítulo oitavo e também lemos um pequeno texto de Ezequiel.

Quando Jesus soube, conforme a notícia que viera da irmã daquele que Jesus amava, Marta, que ele tinha morrido, Jesus diz que ele está dormindo, ele está no sono, eu vou acordá-lo. Que que isso significa? Então, é importante recordar, que Jesus diz a mesma coisa quando ele soube do filho do Jairo e também daquela menina de uns 12 anos, quando Ele foi lá ele disse, ela está dormindo, Ele diz: ‘Menina, levanta-te, Talitacum’ e também aquele menino da viúva de Naim. E hoje então Ele usa a mesma palavra aqui para Lázaro, significa o que? Significa que para Deus, Jesus é Deus, para Deus a morte do nosso corpo é o sono, ele tem poder sobre a morte do nosso corpo, ele tem poder de chamar o corpo a vida.

Qual é a morte mais imperiosa? A morte mais imperiosa é a morte que nos acomete, que nos atinge como pecado. Como pecado essa morte é mais cruel, e esta morte, para nós sermos libertados dessa morte, foi necessário que o Senhor entrasse na morte, foi necessário que o Senhor entregasse a sua vida no alto da cruz, com a vida entregue do Senhor, nós fomos resgatados do poder da morte provocado pelo pecado.

Lázaro, ele é amigo de Jesus, Lázaro como toda a certeza muitas vezes serviu Jesus em Betânia, eles eram íntimos, Lázaro gostava da vida de Jesus. Então nas veias de Lázaro, podemos dizer, circulava a vida de Jesus e Jesus diz: ‘Eu sou a ressurreição e a vida.’.

Então no dia de hoje, é muito importante que nós saibamos crescer na fé como Marta, Marta no início ela só proclamou aquela fé que os Fariseus tinham. Eu sei que Ele vai recitar na ressurreição dos mortos, mas Jesus provoca Marta a se dar conta que diante dela estava Ele, o Cristo, e como ela mesmo disse o Messias, o filho de Deus. E ai Jesus diz: ‘Eu sou a ressurreição e a vida’.

Então se nós reconhecemos, se nós nos deixamos envolver pelo dinamismo de Cristo, se nós aceitamos Jesus Cristo, se eu deixo que a vida de Deus vá gradativamente nascendo dentro de mim, e eu entre na lógica de cristo neste mundo, isso já aconteceu desde o batismo de maneira total, a morte corporal não terá forças sobre nós, isto é o que Jesus quer dizer, ou seja neste mundo nós que somos batizados, nós que bebemos do sangue de Jesus, nós que permitimos que Ele se derrame em nós, neste mundo nós já vivemos a vida eterna.

A vida eterna não é algo reservado para nós, para o depois da morte corporal nossa, não. A vida eterna é algo do dia-a-dia, por isso a morte corporal é uma passagem, é, como Jesus chama, um sono, e eu preciso então sim, eu naturalmente vou fazer isso, eu que tenho fé que sei que Cristo é a vida e a ressurreição, eu até chego um ponto que vou dizer: ‘Senhor, tá na hora de eu morrer’. Eu me lembro do Cardeal Lorcha quando ele estava nos últimos dias dele, ele ficou os últimos cinco anos rezando pra poder morrer, ele dizia: ‘Eu tô pronto, meu corpo sofre muito, eu fiz o que eu tinha que fazer, Senhor pode me levar’. O meu pai, eu acho que três ou quatro anos, ele também rezava para poder morrer. Eu lembro que um dia que faleceu um tio, aí estávamos no cemitério, ele não queria nem embarcar no carro comigo. Ele olhava para o cemitério e dizia assim: ‘Filho, tu não sabes como eu gostaria de ficar aqui.’ Ele estava pronto, ele estava pronto.

Então essa certeza o senhor quer fazer crescer em nós, nós que temos ainda essas duas semanas até a festa da ressurreição, vamos deixar que Deus derrame a vida dele em nosso viver. Desejo a você um abençoado domingo com a sua família, e por favor, acompanhe a santa missa em algum dos canais católicos, é muito importante, faça a comunhão espiritual.

Que Deus, por meio da nossa padroeira, a Senhora da Conceição, que sempre é a Senhora da Saúde e dos Remédios derrame as suas graças sobre você, sobre a sua família, sobre a sua vida, sobre a sua fé. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

O Terço