Rádio Brasil Campinas | AM 1270

Por Felipe Zangari

Reflexão Dom João Inácio – 31-03-20

Escute a mensagem do nosso Arcebispo para esta terça-feira.

“Paz e benção, bom dia a você, que nos acompanha através da Rádio Brasil, Felipe bom dia a você também e a sua equipe.

Hoje, terça-feira da quinta semana, estamos a menos de uma semana da Semana Santa, chamada de a semana maior, essa semana, nós vamos celebrar os mistérios maiores da nossa fé, de modo muito particular, a paixão, morte e ressurreição de nosso Senhor, e todas as graças que Deus derrama com a celebração deste mistério sobre todos nós, sobre a igreja.

Nós estamos vivendo nestes tempos o distanciamento social, estamos buscando ajudar uns aos outros, evitando fazer circular este vírus, o coronavírus. É um treino difícil para cada um de nós, não obstante, esse momento, em que muito de nós estão recolhidos, vários de nossos irmãos e irmãs também estão se ocupando criativamente em ajudar as pessoas em maior necessidade. Muitas pessoas estão em necessidade e vocês vão se aperceber que passando esses dias, nós vamos ter novos desafios. Hoje o grande desafio é nós nos cuidarmos e cuidar daqueles que serão acometidos pelo coronavírus, logo depois, o nosso grande desafio, será socorrer as pessoas que não tem pão na mesa, socorrer as pessoas que não terão trabalho, então o nosso desafio continua sempre, mas isso não é motivo para nós baixarmos a cabeça, nós precisamos levantar a cabeça, viver na esperança, juntar forças e colocar todo o nosso possível a disposição das pessoas.

Muitos não acreditam nisso, para muitos isso não é importante, ser bom, tentar ajudar os outros, fazer o possível para facilitar a vida dos outros. Tem pessoas na sociedade, nosso mundo que são mais movidas pelo ódio, que pensam só em si e que meio que querem que de fato a desgraça aconteça para com o povo.

Nós que temos um coração cristão, nós não somos e nem podemos ser assim, se alguém de nós, que é cristão, ele tem esses pensamentos, então para ele vale aquelas palavras de Jesus hoje, que Ele diz aos Fariseus, aos Judeus no capítulo oitavo de São João. ‘Vós sois cá de baixo’. Quem de nós pensa assim, mesmo que foi batizado, mesmo se já participou de muitas celebrações eucarísticas, mesmo se, se diz cristão, ele não é de Cristo. Quem é de Cristo, ele precisa aprender a entrar na lógica das coisas de Cristo.

A primeira leitura de Daniel hoje,ela nos fala, da rebelião do povo de Deus no deserto, aí eles começaram a sentir muita saudade do Egito, eles falaram, estamos fartos dessa comida nossa, falta água, falta tudo. Então esse texto ele nos ajuda a nos darmos conta, olhando para o povo de Deus, que se o povo de Deus saiu do Egito, parece que o Egito não saiu do coração do povo de Deus.
A nossa vida, tantas vezes nós abandonamos os pecados e situações que Deus não abençoa, mas de vez em quando, nós nos damos conta também, que elas continuam dentro de nós e que nós meio que lançamos de novo o olhar para essa situação, nós meio que temos saudade do tempo que nós estávamos presos ao pecado, para nós sentirmos, talvez, uma alegria, um gozo, um prazer, são as segundas vantagens do pecado em nossa vida.

E então, Deus mandou serpentes contra o povo e muitas pessoas morreram por que eram picadas pelas serpentes. Então Deus falou a Moisés para ele fazer uma serpente de bronze, colocá – la no mastro, levantá- la e quem olhasse para a serpente estaria curado. O que que esse texto nos diz? Ele diz ser necessário nós olharmos para as causas das próprias feridas, isso é um caminho de cura, nós muitas vezes não olhamos com calma a causa dos nossos pecados.

Por isso quando nós vamos confessar, a igreja sempre nos ensina que nós precisamos ter contrição, eu devo, como que chorar dentro pelo pecado, e eu devo também decidir me, a não mais fazer esse pecado, e também tenho que sair da situação desse pecado. Se uma pessoa vive uma situação de pecado, ela pode achar ruim isso, mas se ela não consegue romper com essa situação de pecado não adianta ir confessar, por que ela continua na situação de pecado. Então, as pessoas que olharam para a serpente, olharam para a causa do pecado, então essas pessoas eram curadas.

No evangelho de hoje nós encontramos Jesus, que continua a sua briga com os Judeus, e Ele então diz pra eles que eles são ‘cá de baixo’, Ele é lá de cima. Nós, quando nós entramos na lógica de Jesus, nós como que somos elevados por Ele para sermos lá de cima, filhos de Deus nascidos do alto.

Rezo para que todos nós, durante esse dia, saibamos tirar um tempinho para contemplar a partir dessas leituras a nossa situação real e concreta e lembremo-nos, toda essa pandemia nos ensina que, nós não somos deuses, nós não somos auto suficientes. Se o ser humano, através dos seus comandantes, as grandes empresas, aqueles que tem o mundo na mão, eles pensam que é possível organizar um mundo a partir da força e da lógica da técnica, parece que o mundo está dizendo, não é bem assim. Eu quase que diria assim, recordando a história de Babel, Deus diz: ‘Eu continuo sendo Deus’.

Rezemos pelas pessoas doentes, pelas pessoas que estão morrendo e pelas pessoas que cuidam de nós no dia-a-dia. Que desça sobre você, sobre a sua família, a graça, a força e a benção de Deus muito bondoso. Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amém! E que nossa mãezinha vele por todos nós. Abençoado dia.”

O Som do Sagrado